IMG_2497

A resenha de hoje é de um produto que eu uso há 4 anos. Quem já ouviu falar do Touche Éclat?

É uma caneta iluminadora da marca Yves Saint Laurent. Seu objetivo é dar uma aparência natural e radiante. E vou logo avisando que quando comprei a primeira vez, fiquei muito frustrada. Porque essa caneta não é um corretivo comum. Não espere um corretivo de alta cobertura que cubra a olheira totalmente, porque o Touche Éclat não é assim e nem possui essa função. O próprio nome (que é francês, ma cherrie) significa toque de luz.

Ou seja, sua função é ser um corretivo iluminador para ressaltar as partes que você deseja evidenciar.IMG_2505Eu gosto de passar a base, o corretivo mais potente e depois de estar com a make pronta, venho com a caneta e destaco abaixo das olheiras, no arco do cupido ( o c dos lábios), no centro do nariz e no arco da sobrancelha. Acho que dá aquele efeito iluminado, porém com acabamento super natural. Ah, esse efeito iluminado não é o mesmo do iluminador, ok?! É mais aquele contraste de luz e sombra no rosto.

A marca diz que há pigmentos infundidos na luz em Touche Eclat que suavizam a aparência de linhas e rugas finas. Eu, sinceramente, nunca percebi isso na minha pele. O produto contém ácido hialurônico para aumentar a hidratação e ainda vitamina E, que oferece cuidado antioxidantes para ajudar a combater os sinais visíveis de fadiga. Também li no site que, a cada dez segundos, um Touche Éclat é vendido.Chocante né?!IMG_2494O pincel é muito bom. Ele é afunilado para controle máximo e precisão. Ah, gosto também que não há desperdício de produto. Ponto positivo!IMG_2519IMG_2513A minha cor é a 2, o terceiro tom mais claro disponível. No swatch acima, primeiro aparece meu corretivo da Natura (cor Bege Médio) e depois o Touche Éclat. Percebem que ele é bem mais claro (com um tom rosado) e neutro? Eu gosto demais do efeito dele quando a make está pronta.Touche 3Mas posso falar? Se você não é uma pessoa apaixonada por make, do tipo colecionadora, não vale a pena comprar.  É um produto caro (42 dólares) e que é um detalhe a mais e você pode ficar desapontada. Você pode criar esse efeito iluminado com um corretivo mais claro que o tom da sua pele e acabamento natural, por exemplo.

Eu gosto? Sim. O produto acumula? Não. A qualidade é boa? Sim. Mas depois de ver que o produto está ainda mais caro do que comprei e com o dólar em alta, eu acho que não compraria novamente (vou até economizar o meu haha).

Eu gosto de dar dicas de produtos mais caros por aqui também, pois há pessoas que querem comprá-los e as resenhas ajudam a avaliar o custo-benefício.

P.s: Nessa make, usei a base Universal Foundation da Kiko, cuja resenha está aqui.

Share: